O tamanho do pênis importa na hora do sexo?

Tamanho do pênis importaUma grande preocupação dos homens e nem tanto para as mulheres. Assim pode ser analisada a questão sobre o tamanho do pênis.

Essa questão, de certa forma, é muito subjetiva, pois vai variar de acordo com o gosto de cada mulher.

Existem homens que acham que ter um número de centímetros a mais na cueca significa que a relação sexual é boa por si só. Acontece que isso não traz relação com a verdade.

O homem ter um tamanho de pênis acima da média pode fazer com que ele ache que é o melhor na cama, mas de nada adianta você ser abençoado pela natureza e não saber o que fazer com o que recebeu.

Já por outro lado, existem mulheres que esperam que o homem tenha uma boa ginga, rebolado, saiba o que está fazendo, mas que tenha também um volume na cueca, pois isso, para umas, é fundamental.

Acontece que essa é uma discussão que envolve diversos aspectos, entrando no subjetivismo. Umas irão gostar, aceitar, outras já fazem questão de que tenha o pênis grande.

Há quem diga que esse problema é muito mais masculino do que feminino. Os homens que perdem seu tempo pensando em como aumentar o pau e como engrossar o pau. As mulheres só desejam ser amadas e terem uma noite agradável.

O que o homem pode fazer na cama para conquistar a mulher sem precisar ter o pênis grande?

Conquistando uma mulher na camaA primeira coisa que o homem precisa fazer para satisfazer a mulher na cama, é não se preocupar com esse problema. Levar preocupações para o lugar onde a relação sexual acontecerá acarretará em problemas podendo, aí sim, prejudicar a noite.

Deixando as preocupações de lado, existem algumas maneiras para suprir a ausência de centímetros na cueca e, para que nenhum homem se sinta desvalorizado, este texto trará algumas dicas que os ajudarão a darem e sentirem prazer na cama com a sua parceira.

1- Invista nas preliminares

Um homem que investe nas preliminares é capaz de aumentar a sensação de prazer da mulher, dando a ela motivos para alcançar o orgasmo.

Pode ser que o pênis do homem seja realmente pequeno, aí, nesse caso, ele deverá explorar ao máximo as preliminares, para que, quando chegar a hora da penetração, a mulher esteja extremamente excitada, que não venha questionar neste momento.

Entenda o seguinte – se você não faz preliminares, sua relação sexual e até mesmo seu relacionamento pode não durar muito.

2- Utilize outros artifícios

Se o homem sentir que na hora da penetração pode deixar a desejar, ele só deverá ir aos finalmente depois de deixar a mulher excitada. Para que isso aconteça, ele deverá utilizar meios que dão prazer à mulher, como língua, dedos, boca.

Uma combinação perfeita entre esses três itens é um sexo oral, utilizando os dedos para masturbá-la e beijar o seu corpo todo, de forma que ela nunca tenha sido beijada. Quando sentir que a mulher está desejando ser penetrada, aí sim, faça-a.

3- Tente o melhor encaixe

Um dos grandes problemas na relação sexual é a questão do encaixe. É preciso escolher a melhor posição para que a penetração possa acontecer.

Uma boa dica é deixar a mulher por cima, pois ela, com o movimento do corpo, descobrirá o melhor encaixe, ajudando a relação. Outra informação importante é que, enquanto a mulher estiver de barriga para cima, coloque uma almofada em baixo, de modo que a sua nádega fique em cima dele, elevando o quadril, ajudando na penetração do pênis na vagina.

Não fazer com que a mulher abra muito as pernas, pois isso fará com que a musculatura da vagina dilate, diminuindo as chances da mulher ter um orgasmo.

4- Um brinquedinho sempre vai bem

Se você quiser optar por uma ajuda extra, as lojas de produtos eróticos estão sempre com produtos disponíveis para ajudar o homem a turbinar o tamanho do pênis. Existe um extensor peniano texturizado que faz uma massagem na vagina, aumentando o tesão na mulher.

Antes do homem cravar que o seu pênis é pequeno, ele precisa entender que, a média do tamanho do órgão sexual masculino no brasileiro é de 14cm. O pênis só é considerado pequeno nos homens que possuem o órgão com menos de 10 centímetros.

Já os homens que possuem órgãos sexuais superiores a 17 centímetros são considerados grandes.

4 Dicas cruciais para ter um relacionamento duradouro

Relacionamento duradouro

Ter um relacionamento duradouro é uma qualidade de poucos casais atualmente.

É fato que grande parte das separações são desnecessárias, pois poderiam aprender a gerir a zanga ou a fúria e impedir a construção de um ciclo negativo de discussões e conseguir reduzir o estresse no relacionamento.

Nesse texto queremos compartilhar para você como você pode ter um ótimo relacionamento com sua parceira. Afinal, saber os principais motivos que podem estragar o seu relacionamento é uma boa maneira de enfrentar os problemas e conseguir lidar com um relacionamento para torná-lo bem sucedido e duradouro.

1- Controlar o ciúmes

Ter ciúmes é normal para qualquer pessoa e em qualquer relacionamento.

É fato que o ciúme de forma controlada pode ser positiva, pois sugere cuidado com as pessoas que amamos. Mas quando o ciúme é por excesso, existe o sentimento de posse, o ciúmes se torna incontrolável.

Por isso, o primeiro passo para você controlar e até mesmo evitar o ciúmes é cuidar da sua autoestima.

Se você é inseguro e acha que outros homens são melhores ou mais interessantes do que você, as chances de você se tornar um homem ciumento aumenta. Com isso aumente sua autoconfiança, quando se sabe o seu valor fica muito difícil pensar que sua parceira pode te trocar por outro.

Outra dica para controlar ou acabar com seu ciúmes é confiar na sua parceira. Afinal, a confiança é um dos pilares de um relacionamento.

Jamais pense no que pode acontecer, pense nas coisas boas a respeito do outro em questão, acredite mais, se acontecer algo, você, com certeza, saberá. Se sua parceira não demonstra confiança para você, acho melhor repensar o porquê continuar com ela. Pois, a confiança é obrigatória em qualquer relacionamento de qualidade.

2- Controlar o apego

apego emocionalO apego emocional é uma relação de dependência em que uma pessoa é manipulada por outra. De forma geral, o apego emocional funciona como uma forma de prisão para algumas pessoas que acabam sendo limitadas pela relação de dependência que estabelecem com outros indivíduos.

Infelizmente, muitos homens sofrem disso e acabam virando prisioneiros de suas parceiras. E se libertar desse apego é essencial para quem deseja voar mais alto com as suas próprias asas e ser mais feliz emocionalmente.

Para combater esse problema é muito importante saber se auto controlar. A partir do momento em que você compreende que é dono da sua personalidade e de quem é, pode se manter mais forte diante de situações que desencadeiam a dependência emocional e trabalhar para minimizá-la.

Aumentar sua autoestima também é muito importante na hora de acabar com o apego emocional.

Uma dica muito interessante é procurar ajuda de um profissional que pode ser fundamental e muito eficaz nessas horas.

3- Aumentar a libido

Assim como a confiança, comprometimento, respeito, o sexo é muito importante para um relacionamento de sucesso.

Para isso, é preciso manter e aumentar a ligação e quanto mais você praticar com sua parceira, melhor é o sexo. Com a prática vem a segurança e o entusiasmo.

Entretanto, a falta de libido vem acompanhado nos relacionamento atuais. Vários fatores contribuem para esse problema como a ansiedade, depressão, estresse do dia a dia e até mesmo a má alimentação.

Essa última tem um grande destaque porquê é com a alimentação que fornecemos nutrientes fundamentais para o corpo produzir hormônios e neurotransmissores que favorecem o aumento do apetite sexual.

Não sei se você sabe, mas a testosterona é conhecida como um hormônio sexual masculino. Esse hormônio é parte do que impulsiona o desejo, a fantasia e os pensamentos sobre o sexo, e até mesmo ajuda a fornecer energia para o sexo.

Os níveis de testosterona masculino diminuem gradualmente à medida que envelhecem e quando o mesmo se têm uma alimentação desequilibrada, rica em massas, carboidratos simples e doces. O fato é que menores quantidades desse hormônio diminui a massa muscular, diminui o desempenho sexual e reduz drasticamente a vontade de fazer sexo causando até a impotência sexual ou a ejaculação precoce.

O fato é que devido esse problema, muitos homens recorrem a alguns medicamentos como o Cialis ou o famoso azulzinho (viagra).

Algumas maneiras de combater esse problema é incluir em sua alimentação alimentos ricos em proteínas e alimentos afrodisíacos como a canela, pimenta vermelha, gengibre, ginseng, ostras e os famosos alimentos ricos em zinco que ajudam aumentar o nível de testosterona no corpo.

Caso tenha dificuldade de ingerir todas os nutrientes essenciais para o corpo, abaixo segue o artigo onde falamos sobre os principais suplementos para o homem:

http://houseofbricks.net/4-suplementos-otimos-para-qualquer-homem/

Praticar alguma atividade física também é fundamental para melhorar sua vida sexual e aumentar seu apetite sexual. Por isso, saia do sedentarismo a todo custo, ok? 😉

4- Acabe com o egoísmo

EgoísmoO egoísmo é quando uma pessoa coloca seus interesses, opiniões, desejos, necessidades em primeiro lugar do ambiente e das demais pessoas com que se relaciona.

É fato que o egoísmo pode acabar com o relacionamento. Não interessa se você é um homem charmoso, sincero e educado. Se você é uma pessoa egoísta com sua parceira, significa que seu relacionamento tem prazo de validade.

Ser mais observador é ótimo para quem busca acabar com o egoísmo. Por isso, olhe bem a sua volta e identifique aqueles que possam estar precisando de você. Seus familiares, amigos, vizinhos, conhecidos ou desconhecidos e claro, sua parceira.

Entenda que quando você decide ouvir quem está por perto, há muito mais chances de resolver os impasses da rotina de forma criativa. O egoísta perde muitas oportunidades ao deixar de ar ouvidos ao outro, com medo de que seus objetivos estarão sob ameaça.

Veja abaixo algumas maneiras de como combater o egoísmo:

  • Doar sangue;
  • Ser gentil;
  • Compartilhar seu alimento com quem precisa;
  • Ser doador de medula;
  • Dar carona;
  • Deixar alguém que está com muita pressa passar na sua frente.